O Instituto de Solidariedade Educacional e Cultural - Isec, atua no sentido de propiciar desenvolvimento através do acesso à educação e cultura. É formado por um grupo multidisciplinar de profissionais experientes e especializados em diversas áreas de Humanidades, especialmente em migração e em educação.

Em 2008 várias ações e parcerias marcaram a atuação do Isec. Destaque para o Projeto Kaeru, que firmou parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, a fim de dar assistência aos filhos de dekasseguis retornados.

Para você que está pretendendo retornar ao Brasil e tem um filho em idade escolar, vale a pena ler acessar o site da ISEC.

Você obterá informações sobre os documentos necessários que as crianças deverão apresentar para que seja feita a sua matrícula em escolas brasileiras.


Leia o guia educacional:
Síntese orientativa sobre a realidade vivenciada por brasileiros residentes no Japão, no que se refere aos sistemas educacionais japonês e brasileiro disponíveis para seus filhos.

Acesse: ISEC - Instituto de Solidariedade Educacional

Leia mais…

Em parceria com o Superando a Crise, constantemente fazemos pesquisas nos Hello Works, selecionamos aqueles que achamos que os brasileiros estão aptos à se candidatarem e publicamos assim que as vagas forem aparecendo. Hoje encontrei esse anúncio para quem mora em Nagano-ken.

Anúncio do dia----------------: 15/abril/2009
Número de vagas------------: 60
Tempo de contrato----------: 2 meses(sem renovação)
Número de referência------: 20020- 3136591
Tipo de Serviço--------------: Eletrônico(montagem de computador)
Carga Horária---------------: 1) 18:30~3:30
Salário -----------------------: 172,000円~ 184,800円
Local de Trabalho-----------: Nagano-ken Azumino-shi
Disponibilidade da Vaga----: Até 30/junho/2009
Aplicação da vaga: Local---: Matsumoto-shi Shounai 3‐6‐21
Aplicação da vaga: Telefone: 0263-27-0111.
Obs.---------------------------:Haverá um treinamento de 2 dias e a hora trabalhada será de 750円. À partir do 3o.dia até o término do contrato, a hora trabalhada será de 1000円~1050円.

***Ligue para o Hello Work responsável pela vaga para obter maiores informações: se a vaga ainda está em aberto, quais os documentos que você precisa levar, etc. Isto evitará gastos desnecessários com viagens.
Boa sorte!

Leia mais…

Olá pessoal, à pedidos de algumas pessoas sobre como agir em uma entrevista, resolvi selecionar algumas perguntas que encontrei em um site japonês. Insisto em dizer que você deve aproveitar o seu tempo livre e estudar um pouco. Tenho certeza que muitas portas se abrirão e sua vida ficará mais fácil. Aproveite a sua estadia no Japão e aprenda sua cultura, conheça os seus costumes, o modo de viver dos japoneses.


Vamos juntos superar essa crise! Boa sorte e bons estudos!

O link da entrevista você encontra no blog do nihongo. Clique AQUI

Leia mais…

Acompanhe a lista de vagas de empregos cadastrados no Hello Work de sua cidade acessando o Superando a Crise. Se algum emprego lhe interessar, anote o seu número de referência e obtenha informações sobre esta vaga telefonando ou indo pessoalmente ao hello work indicado.

Eu, com a parceria do Superando a Crise estarei pesquisando diariamente ofertas de empregos(anunciados no Hello Work) em que os brasileiros possam se candidatar e ofereceremos estas informações à aqueles que estão à procura de trabalho.

No site do Hello Work notamos que são muitas as ofertas de emprego, há aqueles que exigem nível escolar(ginasial/universitário), mas muitos não exigem a escolaridade e nem tão pouco experiência.

Estamos fazendo estas seleções e colocando somente aqueles que estão ao alcance dos brasileiros.

Está sendo muito trabalhoso para mim, mas é uma forma que encontro de poder ajudar os brasileiros que estão no Japão.

O Número de referência é muito importante, você não precisará esperar os atendentes procurarem algum serviço em que você se enquadre, você mostra que se interessou por tal vaga e procura saber se esta está disponível ou não.

Se você não fala o nihongo, procure saber se o Hello Work indicado têm tradutores e quais dias eles atendem.

BOA SORTE À TODOS!!!

Leia mais…

No domingo dia 15 de março, a partir das 13:30 vai ser realizado no pavilhão de exposições do Act City o Gambare! Brasileiros onde vão acontecer seminários para ajudar os brasileiros a sair da crise. A entrada é gratuita.

Vários palestrantes falarão sobre serviços de helper, educação das crianças além de orientação de orgão públicos. Haverá tambem estandes de consultas de entidade e orgãos públicos. Após as palestras haverá uma confraternização.

Seminários:

. Prefeitura de Hamamatsu
. Secretaria de Educação de Hamamatsu
. Hello Work de Hamamatsu
. Introdução sobre serviço de Helper
. Palestrante Sra. Célia Saito - experiência de 6 anos como helper
. Palestrante Sr. Alcir Uezu - conseguiu licença de eletricista no Japão

Vale a pena conferir!

Fonte: Associação Brasil Fureai

Leia mais…

Aconteceu no dia 10 de março a primeira reunião explicativa sobre o programa de ajuda de retorno para famílias brasileiras que moram na província de Gifu.
A reunião foi realizada no Seino Sogo Chosha em Ogaki, e teve a presença de 70 pessoas que ouviram atentamente as explicações do Departamento de Assuntos Internacionais da Província de Gifu. Trata-se de um empréstimo para financiamento de passagens aéreas para famílias brasileiras retornarem ao Brasil. As condições são: estar morando em Gifu pelo menos desde o dia 31 de agosto do ano passado , não ter poupança e ter perdido o emprego.
Nos dias 16 e 17 , a partir das 8 horas da manhã no Seino Sogo Chosa haverá a inscrição das famílias interessadas no financiamento. Serão distribuidas 150 senhas para atendimento.
Aos interessados no programa de financiamento recomeda se chegar cedo no dia da inscrição.

Mais informações no Centro Internacional de Gifu , tel 058 277 1013, com atendimento em português.

Fonte: Associação Brasil Fureai

Leia mais…

Confira as dicas: Superando a Crise Weblog voltado à todos os que lutam para superar a crise mundial. No "Superando a Crise" há dicas legais que interessarão à vocês e também algumas ofertas de emprego que são postados diariamente. Não se acomode, vá em frente e enfrente a situação de peito aberto. Boa sorte!

Leia mais…

Agora é pra valer, o Subsídio Financeiro “Teigaku kyuufukin” já está vigorando, vale a pena conferir.

Todos os cidadãos com registro (juminhyou) poderão receber;


Os estrangeiros com registro (gaikokujintoroku) também estarão aptos a receber a ajuda;

Os valores:

Em geral cada pessoa da família, ou individualmente, receberá 12,000 yenes e as pessoas com idade inferior a 18anos ou superior a 65 anos terão o direito de receber 20,000 yenes.

Leia mais no Superando a Crise

Leia mais…

Olá pessoal, deixo um espaço aberto à todos que queiram comentar os artigos. Coloquem os seus pareceres, dêem dicas e sugestões para novas postagens. A crise financeira afetou muita gente e continua afetando. Sugestões construtivas serão bem vindas.

Leia mais…

O Ministério das Relações Exteriores reafirmou, na primeira semana de maio/2008, alguns dos itens que farão parte do pacote de emissão de vistos aos estrangeiros, atrelada ao domínio da língua japonesa. A previsão é de que a lei siga para votação no Parlamento em janeiro e entre em vigor em 2009.



O visto concedido de 3 anos pode ser alterado para 5 anos àqueles que tiverem conhecimento da língua japonesa.

O ministro fala da importância do conhecimento da língua para o bom convívio com a sociedade japonesa. Ressalta também que esse ato servirá de incentivo para aqueles que futuramente queiram vir ao Japão.

Será discutido também se haverá necessidade de se ter o conhecimento da língua japonesa e experiência profissional para a obtenção do visto.

Mais um ítem será discutido: Se a lei foi aprovada, como será feita a avaliação para se saber o nível de conhecimento da língua.

Veja matéria apresentada no Site GAMBARE sobre o assunto.

Muitos não se preocupam ou não se preocuparam em aprender a língua japonesa devido à facilidade que existe hoje em dia aqui no Japão.
Onde há uma maior concentração de brasileiros, as prefeituras, os hospitais e até escolas da região dispõe de tradutores para ajudar aqueles que não falam a língua. Sem contar que no ambiente de trabalho essa facilidade também é encontrada.
Tudo isso fez com que os brasileiros se "acomodassem" e nunca se importassem em querer aprender a língua.
A atual situação muda radicalmente o modo de pensar e muitos, que até hoje nunca se importaram ou se esforçaram em aprender a língua, agora "correm" atrás das aulas de nihongo. Isso porque as ofertas atuais de emprego exigem que se conheça o mínimo da língua.

Veja o depoimento de uma brasileira moradora de Kakegawa - Shizuoka. Ela não se preocupa em estudar o idioma porque o seu local de trabalho tem muitos brasileiros, enquanto os japoneses tentam se comunicar em português usando dicionários. “O tantosha da empreiteira ajuda bastante fazendo a tradução quando é preciso, e, por isso, a gente acaba se acomodando. Se vou a uma loja japonesa, me comunico com gestos ou vou com uma amiga que saiba o idioma”.

Não se acomode! Corra atrás do prejuízo, nunca é tarde para se aprender.

Leia mais…

Como deixar sua situação regularizada antes de partir:

Água, luz e gás

Comunique as respectivas companhias o quanto antes. No dia combinado para o desligamento, os funcionários farão a checagem dos medidores e os valores podem ser pagos na hora.

Aluguel de imóvel

Particular: o ideal é avisar a imobiliária com pelo menos um mês de antecedência. Se a viagem for no meio do mês, o inquilino pode combinar de pagar somente esse período, proporcionalmente, ao invés de desembolsar o aluguel inteiro. Ou então pode se negociar essa parte com a devolução da luva. Mas isso depende de cada imobiliária.

Público (da província): levar a declaração de devolução ao setor de moradias públicas até sete dias antes da data prevista para sair do apartamento. É preciso ter em mãos também a caderneta do banco e o carimbo, caso haja devolução do depósito inicial (parecido com a luva). Esse dinheiro é utilizado para fazer reparos nas portas, tatames e paredes, se necessário.

Aposentadoria

Clique AQUI e veja as providências necessárias para conseguir receber a sua aposentadoria no BRASIL.

Bi-tributação

Um acordo entre Brasil e Japão permite que não haja bi-tributação nos dois países, tanto para japoneses que trabalham no Brasil quanto para brasileiros que trabalham no Japão. Antes da volta ao Brasil, é preciso ter em mãos o comprovante de renda (gensen), emitido pela empresa, ou o comprovante de declaração do imposto de renda, emitido pela Receita Federal. O gensen precisa ser autenticado em cartório japonês reconhecido pelo governo brasileiro. Já o comprovante de IR deve ser reconhecido pelo Ministério das Relações Exteriores do Japão e pelo consulado brasileiro. Os trâmites costumam demorar mais de um mês e é aconselhável procurar os serviços de um despachante para não haver erro no procedimento. Há empresas especializadas que fazem isso.

Carteira de habilitação

Não há necessidade de devolvê-lo ao Centro de Habilitação (Menkyo Center), mesmo que o portador não pense mais em voltar ao Japão. Caso volte, pode usar a carta normalmente, desde que esteja dentro do prazo de validade. A habilitação japonesa pode ser usada como carteira internacional em países que fazem parte do Tratado de Genebra - o Brasil não está nesse grupo.

Documento do carro

São freqüentes os casos de brasileiros que deixam o Japão e não fazem a transferência do documento, apesar de ter vendido o carro para terceiros ou dado para um amigo ou parente. Nesse caso, o veículo se torna intransferível e perde o valor, já que ninguém compraria um nesse estado - a não ser para uso ilegal (as quadrilhas costumam utilizar veículos assim e depois os abandonam, dificultando a investigação da polícia). Quem mais tem dor de cabeça é o proprietário, que pode ficar com o nome sujo sem saber.

Para fazer a transferência, providencie inkan shomei-sho (comprovante de carimbo) e gaikokujin touroku shomei-sho (comprovante de registro de estrangeiro), ambos tirados na Prefeitura a menos de três meses. O processo, demora de sete a dez dias úteis, e custa em torno de dez mil (veículos compactos, de placa amarela) ou 15 mil ienes (veículos de passeio). O pagamento do imposto sobre veículos deve estar em dia.

É possível ainda fazer a transferência por procuração, caso o proprietário do veículo viaje de última hora. Além dos documentos citados acima, ele deve preencher o in-ninjo (procuração) e o jyoto shomeisho (certificado de transferência), cujos formulários padrões podem ser encontrados em despachantes ou lojas de carros.

Gaikokujin Touroku-sho (cartão de registro de estrangeiro)

Em qualquer hipótese, o documento deve estar com o portador quando ele for ao aeroporto para embarcar. Por isso, não há necessidade de devolvê-lo à Prefeitura. Passando pela Imigração, o agente vai verificar a situação de reentrada.

. Se você não possuir o re-entry: o registro de estrangeiro será recolhido e, depois, cancelado.

. Se você possui o re-entry: o registro de estrangeiro permanece com o portador, mas vale somente até expirar o prazo de re-entrada. Se o portador decidir voltar ao Japão dentro desse prazo, pode continuar usando o mesmo documento, seguindo as datas de validade impressas nele. Caso o portador esqueça o cartão no Brasil, pode solicitar a re-emissão do documento na Prefeitura, dizendo que o perdeu. Deve ainda levar um comprovante de que esteve fora do Japão - o passaporte, por exemplo.

Imposto municipal

O pagamento anual geralmente é feito através de um carnê com quatro parcelas. Antes de deixar o Japão, é preciso quitar todas as parcelas, mesmo que elas não tenham vencido ainda. Isso porque o cálculo do imposto é referente ao ano anterior, e não ao ano corrente. Se as parcelas não forem pagas, a “dívida” fica acumulada e a Prefeitura pode re-emitir um novo carnê se o contribuinte retornar ao Japão.

Telefone

Residencial: o comunicado de cancelamento da linha deve ser feito com pelo menos dois meses de antecedência. Isso porque as companhias telefônicas fazem o fechamento a cada 30 dias e só mandam a conta no mês seguinte. Caso a viagem seja repentina, é possível solicitar o envio da conta para o endereço de um amigo ou parente que se comprometa a fazer o pagamento.

Celular: a maioria das companhias de telefonia móvel faz o encerramento do contrato em qualquer revendedora, onde a conta até o momento pode ser paga. Caso a pessoa vá embora sem fazer o cancelamento, pode sofrer conseqüências graves, como ficar com o nome sujo e nunca mais poder ter um celular no Japão.


Fonte: Site Tudo bem mag

Leia mais…

Para os brasileiros que estejam partindo do Japão:

Aqueles que tenham participado de planos públicos de pensão no Japão por 6 meses
ou mais podem solicitar o Pagamento Integral de Desligamento.


Em princípio, poderá receber o Pagamento Integral de Desligamento aquele que, enquadrando-se nas quatro condições abaixo e já tendo se desligado do Plano Nacional de Pensão, do Plano de Pensão Previdenciária ou da Sociedade de Mútua Assistência, requerer essa devolução dentro de dois anos a partir da saída do Japão.

1. Não ter nacionalidade japonesa.

2. Ter pago contribuições ao Plano Nacional de Pensão como segurado da Categoria 1 por um total de seis meses ou mais - incluindo meses do período de pagamento de contribuições e períodos correspondentes a meio mês no período de isenção de 50% das contribuições - ou contribuições ao Plano de Pensão Previdenciária por seis meses ou mais.

3. Não residir no Japão(condição restrita aos que, tendo residido no Japão com visto regular após 9 de novembro de 1994, já tenham deixado o país).

4. Não ter usufruído do direito de receber pensão(inclusive o Auxílio-Invalidez).


Veja como requerer o pagamento da aposentadoria, todas as providências a serem tomadas e os documentos necessários que devem ser enviados para que o pagamento seje efetuado no Brasil.

Clique AQUI e veja como requerer o pagamento da aposentadoria, todas as providências a serem tomadas e os documentos necessários que devem ser enviados para que o pagamento seje efetuado no Brasil.

Leia mais…

Ibaraki-ken - Mito-shi - TEL:029-231-6221 atendimento: ter/qui 10:00~15:00
Tochigi-ken - Utsunomiya-shi TEL:028-623-8609 atendimento: ter/qui 9:30~16:30
Tochigi-ken - Mooka-shi TEL:0285-82-8655 atendimento: qua/sex 13:00~17:00
Gunma-ken - Maebashi-shi TEL:027-290-2111 atendimento: seg 11:00~17:00
Gunma-ken - Isezaki-shi TEL:0270-23-8609 atendimento: ter/qua 13:00~17:00
Gunma-ken - Oota-shi TEL:0276-46-8609 atendimento: ter à sex 9:00~16:00
Gunma-ken - Oota-shi TEL:0276-60-3192 atendimento: ter/sex 10:00~17:00
Saitama-ken - Taguchi-shi TEL:048-251-2901 atendimento: qui 10:00~16:00
Saitama-ken - Oomiya-shi TEL:048-667-8609 atendimento: sex 10:00~16:00
Saitama-ken - Kawagoe-shi TEL:049-242-0197 atendimento: seg/qui 10:00~16:00
Saitama-ken - Urawa-shi TEL:048-832-2461 atendimento: sex 10:00~16:00
Saitama-ken - Souka-shi TEL:048-931-6111 atendimento: qua 10:00~16:00
Saitama-ken - Koshigaya-shi TEL:048-969-8609 atendimento: ter 10:00~16:00
Chiba-ken - Chiba-shi TEL:043-238-1241 atendimento: ter/qua/qui 10:30~16:30
Tokyo-to - Shinjuku-ku TEL:03-3204-8609 atendimento: sex 9:00~17:00
Kanagawa-ken - Yokohama-shi TEL:045-663-8609 atendimento: qua/qui 9:00~16:00
Kanagawa-ken - Kawasaki-shi TEL:044-244-8609 atendimento: sex 9:00~16:00
Kanagawa-ken - Hiratsuka-shi TEL:0463-24-8609 atendimento: ter/qui 9:00~16:00
Kanagawa-ken - Fujisawa-shi TEL:0466-23-8609 atendimento: ter/qui 9:00~16:00
Kanagawa-ken - Atsugi-shi TEL:046-296-8609 atendimento: qua/qui/sex 9:00~16:00
Kanagawa-ken - Yamato-shi TEL:046-260-8609 atendimento: seg/ter/sex 9:00~16:00
Niigata-ken - Niigata-shi TEL:025-244-0131 atendimento: qua(somente na 2a. e na 4a. semana)13:00~17:00
Okayama-ken - Okayama-shi TEL:076-431-8609 atendimento: sex 13:00~16:45
Okayama-ken - Takaoka-shi TEL:0766-21-1515 atendimento: qua 13:00~16:45
Ishikawa-ken - Kanazawa-shi TEL:076-253-3033 atendimento: qui 13:00~17:00
Fukui-ken - Fukui-shi TEL:0776-23-0174 atendimento: ter(somente na 1a. e na 4a. semana)13:00~17:00
Fukui-ken - Echizen-shi TEL:0778-22-4078 atendimento: qui(somente na 1a. e na 4a. semana)13:00~17:00
Yamanashi-ken - Koufu-shi TEL:055-226-8609 atendimento: seg/ter/qui 9:30~13:00
Nagano-ken - Nagano-shi - TEL:026-228-1300 atendimento: sex 13:00~17:00
Nagano-ken - Matsumoto-shi - TEL:0263-36-0810 atendimento: sex 8:30~12:00
Nagano-ken - Ueda-shi TEL:0268-23-8609 atendimento: seg/sex 13:00~17:00
Nagano-ken - Suwa-shi TEL:0266-58-8609 atendimento: ter 13:00~17:00
Gifu-ken - Gifu-shi TEL:058-247-3211 atendimento: ter 8:30~12:30
Gifu-ken - Oogaki-shi TEL:0584-73-8609 atendimento: ter 13:30~17:00 e
qui 8:30~12:30
Gifu-ken - Tajimi-shi TEL:0572-22-3381 atendimento: ter 13:00~17:00
Shizuoka-ken - Shizuoka-shi TEL:054-238-8609 atendimento: sex 13:00~17:00
Shizuoka-ken - Hamamatsu-shi TEL:053-457-1622 atendimento: seg `a sex 8:30~17:00
Shizuoka-ken - Numazu-shi TEL:055ー931-0145 atendimento: ter/qui 8:30~12:00
Shizuoka-ken - Shimizu-shi TEL:054-351-8609 atendimento: ter 13:00~17:00
Shizuoka-ken - Kakegawa-shi TEL:0537-22-4185 atendimento: qui 8:30~12:00
Shizuoka-ken - Iwata-shi TEL:0538-32-6181 atendimento: ter/qui 8:30~12:00
Aichi-ken - Nagoya-shi TEL:052-264-1901 atendimento: seg `a sex 9:30~16:30
Aichi-ken - Toyohashi-shi TEL:0532-52-7191 atendimento: seg/qua/sex 10:00~17:00
Aichi-ken - Okazaki-shi TEL:0564-52-8609 atendimento: seg/qua 10:00~17:00
Aichi-ken - Ichinomiya-shi TEL:0586-45-2048 atendimento: qua/sex 9:30~16:30
Aichi-ken - Toyota-shi TEL:0565-31-1400 atendimento: seg/ter/qui 10:00~17:00
Aichi-ken - Kariya-shi TEL:0566-21-5001 atendimento: ter/qui 9:30~16:30
Aichi-ken - Inuyama-shi TEL:0568-61-2185 atendimento: ter/qui 9:30~16:30
Mie-ken - Yokkaichi-shi TEL:059-353-5566 atendimento: ter/sex 9:00~12:00
Mie-ken - Tsu-shi TEL:059-228-9161 atendimento: qua/sex 13:00~16:00
Mie-ken - Suzuka-shi TEL:059-382-8609 atendimento: ter/qui 8:30~12:00
Shiga-ken - Ootsu-shi TEL:077-522-3773 atendimento: qui 13:00~17:00
Shiga-ken - Kusatsu-shi TEL:077-562-3720 atendimento: ter 13:00~17:00
Kyoto-ken - Kyoto-shi TEL:075-341-8609 atendimento: ter 13:00~17:00
Osaka-fu - Osaka-shi TEL:06-6344ー1135 atendimento: seg `a sex 13:00~18:00
Osaka-fu - Sakai-shi TEL:072-222-5049 atendimento: qui 13:00~17:00
Hyougo-ken - Kobe-shi TEL:078-362-8609 atendimento: qua/qui 13:00~17:00
Hyougo-ken - Himeji-shi TEL:079-222-8609 atendimento: qua/sex 13:00~17:00
Nara-ken - Nara-shi TEL:0742-36-8010 atendimento(espanhol) : ter 13:00~18:00
Okayama-ken - Kurashiki-shi TEL:086-424-3333 atendimento:*sem informação
Okayama-ken - Souja-shi TEL:0866-92-6001 atendimento: sex 13:00~17:00
Hiroshima-ken - Hiroshima-shi TEL:082-227-1644 atendimento: seg/qua 9:00~17:00
Hiroshima-ken - Fukuyama-shi TEL:084-923-8609 atendimento: qua 9:00~17:00
Kagawa-ken - Takamatsu-shi TEL:087-869-8609 atendimento: ter 8:30~12:00 e qui 13:00~17:00

Leia mais…

A sua conta de energia costuma se manter mês a mês? Percebemos que a conta aumenta, `a olhos vistos, quando há mudança de estação(invernos e verões rigorosos aqui no Japão).

Aqui vai uma tabela comparativa de produtos que costumamos usar para aquecer nossa casa no inverno.

Tomando por base um consumo de 5 horas diárias.


Colocarei na ordem dos que consomem menos para os que consomem mais:

Cobertor elétrico - 0,7yen/hora - 105yen/mês

Kotatsu(mesa que tem aquecedor embaixo) - 3,3yen/hora - 495yen/mês

Carpete/tapete elétrico - 9yen/hora - 1,350yen/mês

Sutobu(aquecedor de ambiente elétrico/querosene) - 14,6yen/hora - 2,190yen/mês

Condicionador de ar - 18,4yen/hora - 2,760yen/mês

Aquecedor elétrico(setado numa temperatura de 20graus) - 30,6yen/hora - 4,590yen/mês

Você notou como a diferença é gritante não é? Agora você sabe o por quê da conta vir tão alta no inverno!

Leia mais…

Aqui vai uma tabela que nos mostra quantas vezes e quantas horas um aparelho doméstico pode ser usado com o valor de 100yen.

panela elétrica de arroz (30 minutos em funcionamento) - com 100yen você poderá utilizá-lo 10 vezes.

televisão 29' - com 100yen você pode utilizá-lo por 30 horas.

lâmpada incandescente 60w - com 100yen você pode utilizá-lo por 70 horas.

lâmpada fluorescente 30w - com 100yen você pode utilizá-lo por 116 horas.
* a dica é trocar as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes.

carpete/tapete elétrico(tamanho de dois tatamis) - com 100yen você pode utilizá-lo por 12 horas.

condicionador de ar(para ambientes de 7 a 12 tatamis) - no inverno - com 100yen você pode utilizá-lo por 3 horas e no verão você pode utilizá-lo por 4 horas.

aspirador de pó(30 minutos) - com 100yen você pode utilizá-lo 16 vezes.

máquina de lavar automática(4,5kg-30minutos) - com 100yen você pode utilizá-lo 20 vezes.

geladeira com freezer(360litros de capacidade) - com 100yen você pode utilizá-lo 4 dias.

* A surpresa contida nessa lista ficou para a panela de arroz. Evite deixá-la ligada quando não estiver usando.

Leia mais…



Administre suas despesas como se fosse um negócio que acabou de montar, controle a Entrada(salário) e as Saídas(despesas) e veja se consegue obter Lucros! Será que sobrou algum dinheiro para guardar? para investir?
1 - O primeiro passo é saber exatamente para onde vai o seu DINHEIRO, para isso coloque todos os seus gastos no papel, mas coloque tudo mesmo, desde o aluguel até o cafezinho que você tomou no bar da esquina.
2 - Corte os custos supérfluos, não se deixe levar por impulsos, antes de comprar algo pense pelo menos três vezes: será que preciso mesmo disso? me será útil? se eu não o comprar, vai me fazer falta?
3 - DEFINA QUANTO QUER POUPAR E APLIQUE ASSIM QUE RECEBER. Se deixar para guardar o que sobra, nunca vai começar. Para isso, O IDEAL É GUARDAR O DINHEIRO assim que receber o seu salário, que tal guardar 10% do valor de seu salário?
4 - Sempre que possível faça suas compras à vista. Se o valor da compra for alto pesquise em três ou quatro lojas, escolha aquela que lhe ofereça menor valor e não tenha vergonha de pechinchar.
5 - Fuja ao máximo do cheque especial. Os juros são exorbitantes!
6 - Muito cuidado com os pequenos gastos. Aquele cafezinho, aquele docinho, um brinquinho... alguma coisa à toa que você compra aqui e ali...vai comprometer o seu orçamento no final do mês, sem que você perceba!
7 - Não faça dívidas com seu cartão de crédito!
8 - Como ninguém é de ferro, reserve algum dinheiro para diversão. Mas improvise! Uma reunião em casa com os amigos para comerem uma pizza, pode ser muito divertido também!
9 - Aplique o dinheiro que conseguir guardar!Que tal aplicar em ações?
10 - Fazer uma viagem no final do ano! Comprar um carro novo! Comprar uma casa! Faça planos! Tenha um objetivo em mente, vão servir como estímulo para manter a disciplica financeira. E finalmente... AJA! Nunca é tarde para começar! ou será melhor dizer... Comece já, antes que seje tarde demais!

Leia mais…

1. A Educação no Japão

2. Procedimentos para a Matrícula Escolar

3. A vida escolar

4. Consultoria Educacional


Acesse Procedimentos para matrícula em Escola Japonesa Guia Completo que tirará suas principais dúvidas.

Lembre-se que o Ano Letivo do Japão se inicia no mês de ABRIL e termina no mês de MARÇO. Procure informações sobre Matrícula na Prefeitura de sua cidade.


Outros links para consulta:

Shuugaku-guide

Escolas no Japão

Leia mais…

Vocês conhecem o NPO SABJA?

O Serviço de Assistência aos Brasileiros no Japão (SABJA) iniciou-se com as atividades isoladas de voluntários preocupados com os problemas enfrentados por brasileiros e estrangeiros em geral quanto a questões legais e de adaptação à vida no Japão.

Em abril de 1998, a pedido do Cônsul-Geral do Brasil em Tóquio, a Sra. Yoshico Mori uniu profissionais que já atuavam em serviços voluntários e interessados em ajudar, fundando assim o SABJA. Em junho do mesmo ano, o Consulado de Tóquio decidiu estabelecer o serviço de Consulado Itinerante para visitar regiões com grande concentração de brasileiros. O SABJA começou a acompanhar as caravanas, para atender outras necessidades da comunidade, como o esclarecimento de dúvidas médicas, cotidiano e outros.

A NPO SABJA é composta por profissionais voluntários de diferentes áreas, em tarefas que incluem orientações nas áreas de saúde física e mental, educação social e ambiental, leis trabalhistas, acidentes de trabalho ou trânsito, seguros e impostos. Também recebe apoio de entidades próximas à comunidade como escolas brasileiras, instituições públicas japonesas (prefeituras, polícia, associações internacionais entre outras) e em especial da Embaixada do Brasil em Tóquio e dos Consulados-Gerais do Brasil em Tóquio e Nagóia.

Disk CB. SABJA

Assuntos gerais:
(070) 6639-5326, com Irmã Mori
Atendimento: diariamente

(03) 3404-2704, em Tokyo
Atendimento: de segunda a sexta, das 10h às 16h


Dúvidas médicas:
(080) 5055-5496, com dra. Regina
(090) 4203-5283, com dr. George
Atendimento: de segunda a sexta, das 20h às 22h

Leia mais…

O advogado Etsuo Ishikawa, que possui inscrição na Ordem dos Advogados do Japão, dará orientação jurídica gratuita para brasileiros.

Local: Consulado Brasileiro em Nagoya

Período: 1º de dezembro e 10 de dezembro.

Os interessados devem chegar às 12h e serão atendidos por ordem de chegada.

Informações obtidas da Redação Gambare!

Serviços oferecidos na sessão de empregos, vale a pena dar uma olhadinha:
Gambare - sessão empregos

Leia mais…

. Recorra à essas agência para procurar emprego, segue abaixo a lista dos principais locais:

Locais e telefones da Agência Pública de Empregos(Hello Work):

Aichi-ken
Nagoya-shi 052-774-1115
Toyohashi-shi 0532-52-7191
Okazaki-shi 0564-52-8609
Ichinomiya-shi 0586-45-2048
Handa-shi 0569-21-0023
Seto-shi 0561-82-5123
Toyota-shi 0565-31-1400
Kariya-shi 0566-21-5001
Hekinan-shi 0566-41-0327
Nishio-shi 0563-56-3622
Inuyama-shi 0568-61-2185
Toyokawa-shi 0533-86-3178
Gamagoori-shi 0533-67-8609
Shinshiro-shi 0536-22-1160
Kasugai-shi 0568-81-5135
Tsushima-shi 0567-26-3158

Chiba-ken
Chiba-shi 043-242-1181
Ichikawa-shi 047-370-8609
Choushi-shi 0479-22-7406
Tachiyama-shi 0470-22-2236
Kisarazu-shi 0438-25-8609
Katori-shi 0478-55-1132
Shigerhara-shi 0475-25-8609
Isumi-shi 0470-62-3551
Matsudo-shi 047-367-8609
Kashiwa-shi 04-7166-8613
Noda-shi 04-7124-4181
Funabashi-shi 047-431-8287
Narita-shi 0476-27-8609
Chiba-shi 043-300-8609

Fukui-ken
Fukui-shi 0776-23-2500
Echizen-shi 0778-22-4078
Oono-shi 0779-66-2408
Sakai-shi 0776-81-3262
Suruga-shi 0770-22-4220
Ohama-shi 0770-52-1260

Fukuoka-ken
Fukuoka-shi 092-712-6508
Iizuka-shi 0948-24-8609
Oomuta-shi 0944-53-1551
Kita kyuushuu-shi 093-622-5566
Kurume-shi 0942-35-8609
Ookawa-shi 0944-86-8609
Nougata-shi 0949-22-8609
Tagawa-shi 0947-44-8609
Yukuhashi-shi 0930-25-8609
Toyomae-shi 0979-82-8609
Fukuoka-shi 092-672-8609
Yame-shi 0943-23-6188
Asakura-shi 0946-22-8609
Kasugai-shi 092-513-8609
Fukuoka-shi 092-881-8609

Gifu-ken
Gifu-shi 058-247-3211
Oogaki-shi 0584-73-8609
Ibi-gun 0585-22-0149
Tajimi-shi 0572-22-3381
Takayama-shi 0577-32-1144
Ena-shi 0573-26-1341
Seki-shi 0575-22-3223
Minokamo-shi 0574-25-2178
Gujou-shi 0575-65-3108
Nakatsugawa-shi 0573-66-1337

Gunma-ken
Maebashi-shi 027-290-2111
Takasaki-shi 027-327-8609
Annaka-shi 027-382-8609
Kiriu-shi 0277-22-8609
Isezaki-shi 0270-23-8609
Oota-shi 0276-46-8609
Tatebayashi-shi 0276-75-8609
Numata-shi 0278-22-8609
Tomioka-shi 0274-62-8609
Fujioka-shi 0274-22-8609
Shibukawa-shi 0279-22-2636~7
Agatsuma-gun 0279-75-2227~8

Hyougo-ken
Kobe-shi 078-362-8609
Mita-shi 079-563-8609
Amagasaki-shi 06-6428-0001
Irimiya-shi 0798-75-6711
Himeji-shi 079-222-8609
Kakogawa-shi 079-421-8609
Itami-shi 072-772-8609
Akaishi-shi 078-912-2277
Toyooka-shi 0796-23-3101~3
Mikata-gun 0796-36-0136~7
Youfu-shi 079-662-2217~8
Asago-shi 079-672-2116
Nishiwaki-shi 0795-22-3181~3
Sumoto-shi 0799-22-0620
Tanba-shi 0795-72-1070~1
Sasayama-shi 079-552-0092
Kobe-shi 078-991-1100
Tatsuno-shi 0791-62-0981
Aioi-shi 0791-22-0920
Akao-shi 0791-42-2376

Ibaraki-ken
Mito-shi 029-231-6221
Kasama-shi 0296-72-0252
Hitachi-shi 0294-21-6441
Chikunishi-shi 0296-22-2188
Shimotsuma-shi 0296-43-3737
Tsuchiura-shi 029-822-5124
Furukawa-shi 0280-32-0461
Ishioka-shi 0299-26-8141
Tsunemichi oomiya-shi 0295-52-3185
Ryuugasaki-shi 0297-60-2727
Takahagi-shi 0293-22-2549
Kashima-shi 0299-83-2318

Kanagawa-ken
Yokohama-shi 045-663-8609
Kawasaki-shi 044-244-8609
Yokosuka-shi 046-824-8609
Hiratsuka-shi 0463-24-8609
Odawara-shi 0465-23-8609
Fujisawa-shi 0466-23-8609
Sagamihara-shi 042-776-8609
Atsugi-shi 046-296-8609
Ashigarakami-gun 0465-82-8609
Yamato-shi 046-260-8609

Mie-ken
Yokkaichi-shi 059-353-5566
Ise-shi 0596-27-8609
Tsu-shi 059-228-9161
Matsusaka-shi 0598-51-0860
Kuwana-shi 0594-22-5141
Iga-shi 0595-21-3221
Kumano-shi 0597-89-5351
Owase-shi 0597-22-0327
Suzuka-shi 059-382-8609

Nagano-ken
Nagano-shi 026-228-1300
Matsumoto-shi 0263-27-0111
Okatani-shi 0266-23-8609
Ueda-shi 0268-23-8609
Iida-shi 0265-24-8609
Ina-shi 0265-73-8609
Inoyama-shi 0269-62-8609
Komoro-shi 0267-23-8609
Kiso-gun 0264-22-2233
Sakyuu-shi 0267-62-8609
Oomachi-shi 0261-22-0340
Suzaka-shi 026-248-8609
Suwa-shi 0266-58-8609

Saitama-ken
Kawaguchi-shi 048-251-2901
Kumagaya-shi 048-522-5656
Honjou-shi 0495-22-2448
Saitama-shi 048-667-8609
Kawagoe-shi 049-242-0197
Higashi-matsuyama-shi 0493-22-0240
Tokorozawa-shi 04-2992-8609
Hannou-shi 042-974-2345
Chichibu-shi 0494-22-3215
Kasukabe-shi 048-736-7611
Gyoda-shi 048-556-3151
Souka-shi 048-931-6111

Shizuoka-ken
Shizuoka-shi 054-238-8609
Hamamatsu-shi 053-457-5151
Numazu-shi 055-931-0145
Gotemba-shi 0550-82-0540
Mijima-shi 055-980-1300
Atami-shi 0557-82-3261
Itou-shi 0557-37-2605
Kakegawa-shi 0537-22-4185
Fujinomiya-shi 0544-26-3128
Shimada-shi 0547-36-8609
Makinohara-shi 0548-22-0148
Iwata-shi 0538-32-6181
Hamamatsu-shi 053-925-4108
Fuji-shi 0545-51-2151
Shimoda-shi 0558-22-0288
Yaizu-shi 054-628-5155

Leia mais…