Instituições médicas do Japão:

É aconselhável que se conheça o hospital e clínica mais perto de sua casa para que não se afobe em caso de necessidade e principalmente em casos de emergência.

Como marcar uma consulta:

・Existem hospitais onde é necessário marcar a consulta com antecedência, por isso é bom telefonar antes.

・Em hospitais onde não há o sistema de reserva, a consulta médica é feita de acordo com o registro na recepção, por ordem de chegada.

・A primeira coisa a fazer é ir ao balcão de atendimento e pedir informações sobre o médico que quer consultar.

・As áreas de especialidade médica estão divididas em:

・Clínica geral - Naika
・Pediatria - Shonika
・Cirurgia - Geka
・Dermatologia - Hifuka
・Oftalmologia - Ganka
・Dentista - Shika
・Otorrinolaringologia - Jibika
・Obstetrícia - Sanfujinka / Ginecologia - Fujinka
etc

 Quando não souber a que especialidade se dirigir, pergunte na recepção do hospital, descrevendo os sintomas que sente.

Quando for ao hospital não se esqueça de levar:


・Kenko Hokensho/Caderneta do seguro de saúde

・Documento que comprove a identidade

・Dinheiro (a consulta é paga a vista, em dinheiro japonês)

・Uma anotação com endereço, número de telefone e sintomas.

Na primeira consulta costuma-se preencher um formulário com seus dados pessoais e onde anotará restrições `a algum medicamento, `a algum alimento que você não tolere, etc.

Logo após o preenchimento do formulário você ganha uma carteirinha do próprio hospital e para as próximas consultas é só apresentá-lo, não havendo necessidade de preencher os formulários novamente.

Após feito o cadastro, você será chamado para o atendimento médico. Se lhe for receitado algum remédio, este pode ser retirado no próprio hospital ou o médico lhe prescreverá uma receita e você o leva para uma farmácia(yakkyoku) onde será feito o remédio de acordo com o que o médico prescreveu(é diferente do Brasil, onde se compra o remédio já embalado). Normalmente existem farmácias bem ao lado do hospital.

O pagamento da consulta normalmente é feito na própria recepção.

* saiba mais sobre o assunto, clique aqui

Nenhum comentário: